1. Home
  2. /
  3. Blog
  4. /
  5. Utilidade Pública
  6. /
  7. Pré – Candidatos à...

Pré – Candidatos à Presidência do Brasil 2022 Propostas Presidenciais

Destaque Mais Lidas, Destaque Principal, Fique por dentro, Sem categoria, Utilidade Pública 13 de junho de 2022

Eleicoes no brasil

No dia 2 de outubro, os brasileiros irão às urnas decidir seus
representantes para os próximos anos. Doze políticos, até o momento, se
colocam como pré-candidatos à Presidência da República, que tem mandato de
quatro anos e possibilidade de reeleição. As candidaturas serão oficializadas até
5 de agosto, data-limite para que os partidos e federações realizem suas
convenções.

Até o momento, os pré-candidatos são, em ordem alfabética, André
Janones (Avante), Ciro Gomes (PDT), Jair Bolsonaro (PL), José Maria Eymael
(DC), Leonardo Péricles (UP), Luciano Bivar (União Brasil), Luiz Felipe d’Avila
(Novo), Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Pablo Marçal (Pros), Simone Tebet (MDB),
Sofia Manzano (PCB) e Vera Lúcia (PSTU).

I – Pauta da Semana: Economia e Emprego no País. Vamos conhecer as
propostas relacionadas ao tema de cada candidato.

André Janone (AVANTES)

1. O pré-candidato afirma defender a implementação de uma Reforma
Tributária, que será apresentada nos primeiros seis meses de
governo;
2. Defende taxar grandes fortunas e bens de luxo;
3. Apoia cortes de gastos para financiar programas sociais;
4. Diz que pretende reduzir preços dos combustíveis mudando a política
de preços da Petrobras, que segue hoje variações do preço
internacional do petróleo.

Ciro Gomes (PDT)

1. Taxar grandes fortunas e lucros e dividendos e desonerar
tributariamente os mais pobres;
2. Manter o equilíbrio fiscal;
3. Fim do teto de gastos em educação, saúde e infraestrutura;
4. Criar 5 milhões de vagas de emprego nos dois primeiros anos.
Retomar obras já licitadas que estão paralisadas ou não
começaram;
5. Reajustar o salário-mínimo acima do PIB;
6. Acabar com a paridade de preços internacionais do petróleo para
baratear o preço dos combustíveis;
7. Classificou o lucro da Petrobras como “hediondo” e declarou que o
presidente da República tem poder para mudar a política de preços
dos combustíveis porque a União controla o capital da estatal;
8. Criar programa de descontos de dívidas para 63,7 milhões de
brasileiros que estão com nome sujo;
9. Recuperar estoques reguladores de preços dos alimentos;
10. Declarou que reestatizará a Eletrobrás caso a estatal venha a ser
privatizada no atual governo.

Jair Messias Bolsonaro (PL)

1. O pré-candidato defende rever teto de gastos para usar recursos
para obras de infraestrutura se houver excesso de arrecadação
tributária;
2. De acordo com o atual ministro Paulo Guedes, a Reforma Tributária
será prioridade de eventual segundo mandato para reduzir o
imposto de renda de pessoas física e jurídica; tributar lucros e
dividendos; desonerar folha de pagamentos; e criar tributo sobre
transações financeiras, semelhante à CPMF;
3. Guedes defendeu ainda apresentar uma versão mais enxuta da
Reforma Tributária, focada no aumento do imposto de renda dos
super-ricos e na redução da tributação de empresas. Também
defendeu o fim de toda e qualquer tributação sobre a indústria.
4. Apoia privatização de estatais, entre elas a Petrobras;
5. Defende tornar país autossuficiente e exportador de trigo;
6. Apoia a criação da Carteira de Trabalho Verde e Amarela, que
isenta empregadores de contribuição ao INSS e alíquotas do
Sistema S e reduz pagamento ao FGTS;
7. Crítica à política de preços da Petrobras e os lucros da estatal,
embora diga que não irá interferir na empresa. Aponta como
solução para reduzir os preços dos combustíveis conceder um
subsídio de forma excepcional;
8. Declarou que estuda recriar os ministérios da Indústria e Comércio
e da Pesca caso seja reeleito.
José Maria Eymael (DC)
1. Incentivar construção civil e políticas de desenvolvimento urbano
e saneamento básico;
2. Incentivar micro, pequenas e médias empresas;
3. Incentivar formação de mão de obra com cursos
profissionalizantes;
4. Gerenciamento eficaz dos gastos públicos e novos investimentos
em obras prioritárias e de alcance social;
5. Estimular instalação de polos de desenvolvimento;
6. Diminuir custo do crédito para o setor produtivo;
7. Apoiar e incentivar o turismo;
8. Apoiar o agronegócio e valorizar pequenos e médios produtores;
9. Reforma Tributária para simplificar sistema e reduzir carga;
10. Repensar pacto federativo, distribuindo de forma equitativa
atribuições de recursos;
11. Estimular criação de empregos para jovens e pessoas mais
velhas.

Leonardo Péricles (UNIDADE POPULAR

1. Suspender pagamento da dívida pública e fazer sua auditoria;
2. Taxar grandes fortunas;
3. Gerar emprego com investimento governamental;
4. Fim do teto de gastos em Saúde e Educação;
5. Revogar Reforma Trabalhista e Reforma da Previdência;

6. Reestatizar empresas privatizadas e punir empresas que
cometam crimes graves.

Luciano Bivar (UNIÃO BRASIL)

1. O pré-candidato disse que é preciso incentivo ao primeiro
emprego, com isenção de tributos no 1º ano para empresas que
contratarem jovens sem experiência;
2. Afirmou ser preciso implementar um Imposto Único Federal
para desonerar folha de pagamentos;
3. Declara ser “liberal” e defensor da “economia de mercado”;
4. Disse que tem uma proposta de Reforma Tributária onde “todos
pagam, mas pagam menos”.

Luiz Felipe D’Ávila (NOVO)

1. Promover abertura econômica unilateral, com redução nos
níveis de proteção tarifária e não-tarifária para bens e
serviços;
2. Fortalecer agenda internacional de negociações comerciais
centrada em metas de sustentabilidade;
3. Encerrar programas de incentivo econômico baseados em
exigências corporativas;
4. Reestruturar e desburocratizar logística de portos;
5. Rever política tributária, com redução das tarifas sobre
exportações;
6. Reduzir juros cobrados do setor agropecuário e ampliar
conectividade e linhas de crédito para os produtores;
7. Agilizar liberação de defensivos agrícolas;
8. Uniformizar e simplificar tributação sobre consumo, renda e
folha de pagamentos e revisar regimes simplificados de
tributação;
9. Afirmou ser contra a taxação de exportações;
10. Assegurar previsibilidade regulatória e promover ambiente de
negócios com maior segurança jurídica para atrair
investimentos.
11. Declarou que aprofundará Reforma Trabalhista, priorizando
negociações entre empregadores e funcionários.
12. Criar um fundo de estabilização de preços dos combustíveis;
13. Defendeu a privatização da Petrobras.

Luiz Inácio Lula da Silva (PT)

1. Fazer nova Reforma Trabalhista com negociação tripartite e
atenção para trabalhadores informais e de aplicativos;
2. Política de valorização real do salário mínimo;
3. Retomar investimento público, concessões, créditos e
garantias públicas;
4. Reativar obras paradas;
5. Políticas de trabalho e renda para jovens, mulheres e
população negra;

6. Fortalecimento de micro e pequenas empresas, crédito para
pequenos empreendedores e promoção do
empreendedorismo e da economia solidária;
7. Recuperar capacidade industrial do país com novas bases
tecnológicas e ambientais;
8. Fim do teto de gastos para investimentos em Saúde e
Educação;
9. Revisar política de preços de combustíveis e diminuir
dependência das cotações internacionais do petróleo;
10. Realizar Reforma Tributária;
11. Implementar Orçamento participativo;
12. Buscar modelo previdenciário que concilie aumento da
cobertura com financiamento sustentável;
13. Criticou atual política de preços da Petrobras e disse ser
preciso que a estatal esteja “a serviço do povo brasileiro, não
de acionistas estrangeiros” e que irá “abrasileirar” os preços.

Pablo Marçal (PROS)

1. Criar Ministério do Empreendedorismo para estimular
criação de 4 milhões de empresas, gerando empregos, e
subsidiar startups e criar incubadoras;
2. Incentivar exportação não só de matéria prima, mas de
tecnologia e produtos nacionais;
3. Criar incentivos para impulsionar pessoas do
assistencialismo para empreendedorismo.

Simone Tebet (MDB)

1. A pré-candidata disse ser a favor de implementar
programa de concessões na área de infraestrutura e
estabelecer parcerias público-privadas;
2. Defende realizar Reforma Administrativa e Reforma
Tributária, com foco em unificar impostos e reduzir
proporção de impostos paga pelos mais pobres;
3. Apoia a modernização do parque industrial brasileiro.
4. Defende maior participação da iniciativa privada na
operação de portos, aeroportos, rodovias e hidrovias;
5. Declarou ser contra a privatização da Petrobras;
6. Em sua atividade parlamentar, votou a favor do teto de
gastos e das reformas Trabalhista e da Previdência.

Sofia Manzano (PCB)

1. Revogar Reforma da Previdência, teto de gastos, Reforma
Trabalhista, legalização da terceirização e privatizações;
2. Estatizar transportes públicos;
3. Reestruturar dívida interna;
4. Revogar Lei de Responsabilidade Fiscal;
5. Criar Lei de Responsabilidade Social para garantir
recursos para investimentos públicos;
6. Transformar Banco Central em financiador de políticas
governamentais;

7. Reforma Tributária progressiva que taxe lucros e
dividendos, grandes fortunas, heranças e transações
financeiras e isente quem ganha até 5 salários mínimos;
8. Nacionalizar, com controle público, sistema financeiro e
setores econômicos estratégicos, com monopólio do
câmbio e comércio exterior;
9. Reduzir jornada de trabalho semanal para 30 horas sem
reduzir salários;
10. Abertura de concursos públicos para vagas existentes e
expansão de serviços essenciais;
11. Programas de emprego emergenciais por meio de obras
públicas.

Vera Lúcia (PSTU)

1. Duplicar salário-mínimo, rumo ao mínimo do Dieese (R$
6.394,76 em março);
2. Correção automática dos salários para combater carestia
e inflação;
3. Revogar Reforma Trabalhista e Reforma da Previdência;
4. Fim da precarização do trabalho e terceirizações;
5. Carteira assinada, estabilidade, férias, 13º e
aposentadoria para todos os trabalhadores;
6. Redução da jornada para 30 horas semanais, sem reduzir
salários;
7. Obras públicas para gerar trabalho e cobrir déficits
históricos em moradia, com a construção de 6 milhões de
casas, infraestrutura e saneamento;
8. Taxar super-ricos e bilionários;
9. Expropriar 315 bilionários e as 100 maiores empresas;
10. Suspender pagamento da dívida pública e extinguir teto
de gastos;
11. Reestatizar empresas privatizadas.

 

Fontes:

https://www.bbc.com/portuguese/brasil-61350824

 

https://www.uol.com.br/eleicoes/2022/05/23/candidatos-a-presidente-no-brasil-eleicoes-2022.htm

 

Quais são as propostas dos pré-candidatos à Presidência?

Leave a Reply

Popular

  • Conheça a maior fazenda de cultivo de lavanda orgânica do Reino Unido

    A maior fazenda de cultivo de lavanda or...

    by on 12 horas ago - 2 Comments

    Shares0Facebook0Tweet0Pin0LinkedIn0Print0Email0 Uma excelente dica para passear ao redor de Londres na primavera-verão é a maior fazenda de cultivo de lavanda orgânica do Reino Unido, que abrirá suas portas para visitação a partir do dia 11 de junho a 31 de agosto de 2022. Mayfield Lavender Farm ou Fields como é conhecida, é a fazenda pioneira […]

  • Eleicoes no brasil

    Pré – Candidatos à Presidência do Brasil...

    by on 13 de junho de 2022 - 0 Comments

    Shares0Facebook0Tweet0Pin0LinkedIn0Print0Email0 No dia 2 de outubro, os brasileiros irão às urnas decidir seus representantes para os próximos anos. Doze políticos, até o momento, se colocam como pré-candidatos à Presidência da República, que tem mandato de quatro anos e possibilidade de reeleição. As candidaturas serão oficializadas até 5 de agosto, data-limite para que os partidos e […]

  • Estudantes de graduacao em londres

    Como estudar inglês na Inglaterra?

    by on 26 de maio de 2022 - 0 Comments

    Shares0Facebook0Tweet0Pin0LinkedIn0Print0Email0 Como estudar inglês na Inglaterra?A Inglaterra é o destino preferido dos intercambistas pela qualidade doscursos, riqueza cultural e diversos pontos turísticos, o que lhe possibilitaaprender um inglês britânico e viver uma cidade cultural e histórica com umasingular vida noturna. No entanto, para estudar outro idioma no país, vocêprecisa definir qual é o seu objetivo […]

  • Brasileiros terão que pedir Autorização para entrar na Europa

    Brasileiros terão que pedir Autorização ...

    by on 19 de maio de 2022 - 0 Comments

    Shares0Facebook0Tweet0Pin0LinkedIn0Print0Email0 A partir de maio de 2023, a União Europeia exigirá de viajantes brasileiros uma autorização antes do embarque ao continente e o pagamento de uma taxa de 7 euros (R$ 37,80). A medida pretende combater a imigração ilegal e aumentar a segurança nos países do bloco, impedindo a visita de pessoas ligadas a organizações […]

  • Curiosidades da Culinária de Londres

    by on 11 de maio de 2022 - 0 Comments

    Shares0Facebook0Tweet0Pin0LinkedIn0Print0Email0 Falar de comida é sempre bom, né? Muito se pode conhecer a respeito de uma cidade através da gastronomia local. Se você, assim como eu, ama viajar e provar as delícias que fazem daquela culinária local única, fica aqui comigo nessa leitura que eu vou te apresentar algumas comidas típicas de Londres que você […]

×
Portal Londres