1. Home
  2. /
  3. Blog
  4. /
  5. Saude
  6. /
  7. Reino Unido aprova a...

Reino Unido aprova a primeira pílula para tratar a Covid.

Fique por dentro, Mais Lidas, Mais recente, Saude 5 de novembro de 2021

O molnupiravir é o primeiro tratamento antiviral oral para a Covid e obtém resultados de ensaios clínicos.

A primeira pílula projetada para tratar a Covid sintomática foi aprovada pelo regulador de medicamentos do Reino Unido.

 

O comprimido, molnupiravir, que foi aprovada pelo regulador de medicamentos do Reino Unido, será administrado duas vezes ao dia em pacientes vulneráveis ​​recém-nascidos com a doença.

A pílula que foi desenvolvida originalmente para tratar a gripe, reduziu o risco de hospitalização ou morte pela metade, durante testes clínicos.

O secretário de saúde, Sajid Javid, disse que o tratamento foi uma “troca de jogo” para os mais frágeis: “Hoje é um dia histórico para o nosso país, o Reino Unido é agora o primeiro país do mundo a aprovar um antiviral que pode ser levado em casa para a Covid.”

O molnupiravir, foi desenvolvido pelas empresas farmacêuticas americanas Merck, Sharp and Dohme (MSD) e Ridgeback Biotherapeutics. Este é primeiro medicamento antiviral oral para Covid e que pode ser tomado como uma pílula, ao invés de ser injetado ou administrado por via intravenosa.

A pílula tem como alvo uma enzima que o vírus usa para fazer cópias de si mesmo, introduzindo erros em seu código genético. Isso deve impedir que ele se multiplique, mantendo assim os vírus em níveis baixos no corpo e reduzindo a gravidade da doença.

A farmacêutica Merck disse que essa abordagem deve tornar o tratamento igualmente eficaz contra novas variantes do vírus à medida que ele evolui no futuro.

O regulador do Reino Unido, o MHRA, disse que o comprimido foi autorizado para uso em pessoas com Covid leve a moderado e pelo menos um fator de risco para o desenvolvimento de doenças graves, como obesidade, velhice, diabetes ou doenças cardíacas.

June Raine, executivo-chefe da organização, descreveu o tratamento como “outra terapêutica a ser adicionada à nossa armadura contra Covid-19”.

“É o primeiro antiviral aprovado no mundo para esta doença que pode ser tomado por via oral em vez de administrado por via intravenosa”, disse ela.

“Isso é importante porque significa que pode ser administrado fora de um ambiente hospitalar, antes que Covid-19 progrida para um estágio grave.”

Inicialmente, o Reino Unido encomendou 480.000 cursos de molnupiravir para serem entregues até o final do ano, juntamente com 250.000 cursos de um medicamento experimental semelhante que está sendo desenvolvido pela empresa farmacêutica norte-americana Pfizer.

Mas as autoridades dos EUA recentemente fizeram uma compra antecipada de 1,7 milhão de cursos de molnupiravir a um custo de cerca de US $ 1,2 bilhão, ou US $ 700 (£ 513) para cada paciente.

O teste clínico com o comprimido foi administrado em 775 pacientes que pegaram Covid recentemente.

7,3% daqueles que receberam o medicamento foram hospitalizados

que se compara a 14,1% dos pacientes que receberam um placebo ou pílula fictícia

não houve mortes no grupo do molnupiravir, mas oito pacientes que receberam um placebo no estudo morreram posteriormente de Covid

Os dados foram publicados em um comunicado à imprensa e ainda não foram revisados ​​por pares.

Segundo o levantamento realizado nos pacientes que receberam o medicamento, os testes sugerem que o molnupiravir deve ser tomado logo após o surgimento dos sintomas para fazer efeito. Especialista já haviam realizado um estudo anteriormente em pacientes que já haviam sido hospitalizados com Covid grave, mas o tratamento foi interrompido após resultados decepcionantes.

A MHRA recomenda que o medicamento seja usado “assim que possível” após um teste de Covid positivo e dentro de cinco dias do início dos sintomas.

A Merck é a primeira empresa a relatar os resultados do teste de uma pílula para tratar a Covid, mas outras empresas estão trabalhando em tratamentos semelhantes.

Sua rival nos Estados Unidos, a Pfizer, iniciou testes de dois comprimidos antivirais diferentes, enquanto a empresa suíça Roche está trabalhando em um medicamento semelhante.

Leave a Reply

Popular

  • Reforço de vacina também para as criança...

    by on 3 de dezembro de 2021 - 0 Comments

    Shares0Facebook0Tweet0Pin0LinkedIn0Print0Email0 O governo do Reino Unido aceitou o conselho do Comitê Conjunto de Vacinas e Imunização (JCVI), para uma das maiores mudanças imediatas no programa de vacinas da Covid no Reino Unido, na tentativa de diminuir o número de pessoas infectadas pela nova variante descoberta na Africa do Sul, Omicron. Que mudanças foram anunciadas para […]

  • Terceira dose da vacina Covid-19 para to...

    by on 1 de dezembro de 2021 - 0 Comments

    Shares0Facebook0Tweet0Pin0LinkedIn0Print0Email0 Primeiro Ministro diz que todos os adultos receberão reforços até o final de janeiro em uma tentativa de salvar o Natal da Omicron. O plano de Boris Johnson para tentar salvar o natal e conter a nova variante será através de uma nova campanha de vacinação. Centenas de outros locais de vacinação do NHS […]

  • Greve no metrô: Quais linhas de metrô s...

    by on 26 de novembro de 2021 - 0 Comments

    Shares0Facebook0Tweet0Pin0LinkedIn0Print0Email0 A União Nacional dos Trabalhadores Reais, Marítimos e de Transporte (RMT) anunciou uma série de greves, e os passageiros de Londres podem enfrentar caos nas viagens. Haverá uma redução significante nas linhas Victoria, Northern, Piccadilly e Jubilee,  os chefes de transporte alertaram. A TfL anunciou recentemente que o serviço 24 horas do Night Tube […]

  • Black Friday 2021: Quais as melhores loj...

    by on 25 de novembro de 2021 - 0 Comments

    Shares0Facebook0Tweet0Pin0LinkedIn0Print0Email0 Considerado um dos maiores eventos do calendário de compras . A cada ano, a Black Friday fica maior e com melhores descontos à medida que mais e mais lojas entram na onda da economia. Muitos esperam esta data para comprar os presentes de natal, ou para comprar aquele item que estava esperando à muito […]

  • Voos da EasyJet podem ficar mais baratos...

    by on 24 de novembro de 2021 - 0 Comments

    Shares2Facebook2Tweet0Pin0LinkedIn0Print0Email0 Com mais cidades e países na Europa aderindo à restrições, devido o aumento constante de casos do coronavírus, é possível que a EASY JET reduza valor das tarifas. Destinos como Amsterdã e Áustria que estão aplicando regras mais rígidas para pessoas não vacinadas, a Alemanha também deve seguir o mesmo exemplo devido ao número […]

×
Portal Londres