1. Home
  2. /
  3. Blog
  4. /
  5. Saude
  6. /
  7. Estou grávida! Posso tomar...

Estou grávida! Posso tomar a vacina Covid-19?

Fique por dentro, Mais recente, Saude 25 de agosto de 2021

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Desde que as primeiras vacinas COVID-19 foram disponibilizadas aos pacientes e ao público, muito tem se falado sobre os efeitos colaterais. Os estudos ainda continuam sendo realizados na batalha contra a doença. As vacinas COVID-19 estão sendo continuamente revisadas pela Organização Mundial da Saúde e pelos órgãos reguladores no Reino Unido, EUA, Canadá e Europa.

Mas ainda sim surgem muitas dúvidas sobre a segurança de ser vacinado durante a gestação ou período de amamentação.

A vacinação COVID-19 é recomendada para todas as pessoas com 12 anos ou mais, incluindo pessoas que estão grávidas, amamentando ou tentando engravidar. Mulheres grávidas ou recentemente grávidas têm maior probabilidade de adoecer gravemente com COVID-19 em comparação com pessoas não grávidas. Obter uma vacina COVID-19 pode proteger de doenças graves causadas pelo COVID-19.

As vacinas Pfizer e Moderna são as vacinas preferidas para mulheres grávidas de qualquer idade que estão vindo para sua primeira dose. As vacinas foram atualmente autorizadas pela Food and Drug Administration (FDA) e não devem ser negadas a gestantes que optem por receber a vacina. Mas é recomendado que as mulheres conversem com seu médico antes para decidir sobre a vacina e sua gravidez.

Tomar a vacina durante o período de gestação foi recomendado também pelo Comitê Conjunto de Vacinação e Imunização (JCVI). Nos EUA, cerca de 90.000 mulheres grávidas foram vacinadas principalmente com as vacinas Pfizer e Moderna e nenhuma preocupação de segurança foi identificada.

Vale ressaltar que o recebimento da segunda dose, para qualquer pessoa, deve ser com a mesma vacina, a menos que tenha tido um efeito colateral sério após a primeira dose.

O que você precisa saber:

Gestantes sintomáticas que contraem COVID-19 correm mais risco de doenças graves, complicações e morte do que mulheres não grávidas.

Muitas mulheres grávidas têm problemas de saúde que as colocam em risco ainda maior. Os estudos preliminares de toxicidade para o desenvolvimento e reprodução não indicam quaisquer efeitos adversos na reprodução ou no desenvolvimento fetal. Assim, não há nenhuma preocupação de segurança conhecida.

De acordo com o NHS, 98% das mulheres grávidas hospitalizadas com Covid-19 não foram vacinadas.

Outro ponto importante para destacar é que você não pode pegar COVID-19 das vacinas disponíveis atualmente. Você pode sentir efeitos colaterais leves e temporários, mas esta é uma indicação de resposta imune à vacinação, não COVID-19.

As vacinas COVID-19 não causam infecção, incluindo em grávidas ou seus bebês: nenhuma das vacinas COVID-19 contém o vírus vivo que causa COVID-19.

Por que é importante se vacinar mesmo na gestação?

Os Centros de Controle e Prevenção de Doenças colocam as mulheres grávidas como um grupo de alto risco para doença COVID-19 grave. Por isso a vacinação contra o coronavírus é uma consideração importante mesmo durante a gravidez. Além disso, no final da gravidez algumas mulheres podem ficar gravemente indispostas e precisar de tratamento hospitalar.

Dados recentes relatam um risco aumentado de admissão em unidade de terapia intensiva, necessidade de ventilação mecânica e suporte ventilatório e morte em mulheres grávidas com COVID-19 sintomático.

Mulheres gravidam com com COVID-19 também têm 2 a 3 vezes mais probabilidade de ter seus bebês prematuros do que mulheres sem COVID-19.

Segundo o Comitê Conjunto de Vacinação e Imunização (JCVI), não há necessidade de evitar a gravidez após a vacinação. Não existe evidência de que as vacinas COVID-19 tenham qualquer efeito na fertilidade ou nas chances de engravidar. O JCVI recomendou que as vacinas possam ser administradas durante a amamentação. Isso está de acordo com as recomendações dos EUA e da Organização Mundial da Saúde.

Leave a Reply

Popular

  • Amazon oferece bônus de £ 3.000 para nov...

    by on 7 horas ago - 0 Comments

    Shares0Facebook0Tweet0Pin0LinkedIn0Print0Email0 A empresa AMAZON anunciou que dobrou o valor oferecido para novos funcionários. O objetivo é atrair mão de obra para o período de Natal. A gigante do varejo informou que possui mais de 20.000 vagas. Inicialmente, a empresa estava oferecendo bônus de adesão de £ 1.500, mas como não conseguiu preencher as vagas disponíveis, […]

  • Divórcio no Brasil através do cartório.

    by on 18 de outubro de 2021 - 0 Comments

    Shares2Facebook2Tweet0Pin0LinkedIn0Print0Email0 Como se o processo de divórcio já não fosse, em si, motivo suficiente para estresse, junto com ele vem uma maré de burocracias e muito, muito tempo de espera. Para alguns, esse calvário é inevitável, mas, para o alívio de uma outra parte, existe um modo mais simples e fácil de se divorciar que […]

  • Testes de fluxo lateral mais barato será...

    by on 16 de outubro de 2021 - 0 Comments

    Shares0Facebook0Tweet0Pin0LinkedIn0Print0Email0 A partir de 24 de outubro, os passageiros totalmente vacinados e a maioria dos menores de 18 anos que chegam à Inglaterra de países que não estão na lista vermelha podem fazer um teste de fluxo lateral mais barato, no dia 2 ou antes de sua chegada ao Reino Unido. Os testes estarão disponíveis […]

  • Conheça Anna Alves-Lazaro, vencedora do ...

    by on 15 de outubro de 2021 - 0 Comments

    Shares0Facebook0Tweet0Pin0LinkedIn0Print0Email0 Anna Alves-Lazaro. Advogada brasileira, naturalizada americana, membro da OAB/PE, Comunicadora Social. Presidente-Fundadora da Hope & Justice Foundation. Palestrante, Escritora, Advogada dos sobreviventes do Tráfico Humano, Violência Doméstica, Abuso e Exploração Sexual Infantil. Recebeu diversos prêmios por sua atuação em defesa dos Direitos das Vítimas. Dirige Projeto e Programas que oferecem suporte emocional , psicológico e […]

  • Qual o supermercado mais barato do Reino...

    by on 14 de outubro de 2021 - 0 Comments

    Share1Facebook1Tweet0Pin0LinkedIn0Print0Email0 Segundo dados de uma pesquisa recente com 22 itens essenciais, o supermercado Aldi foi citado como o mais barato. Durante pesquisa realizada com itens considerados essenciais em diversos supermercados do Reino Unido, o Aldi FOI considerado o mais barato, as compras custaram £ 24,03. A comparação foi feita entre os mesmo itens em lojas […]

×
Portal Londres