Chanceler prioriza mudanças climáticas e pede apoio a países vulneráveis na primeira Reunião de Finanças do G7 no Reino Unido

Economia/Política, Fique por dentro, Mais Lidas, Mais recente 14 de fevereiro de 2021

Presidindo sua primeira reunião dos Ministros das Finanças do G7 e governadores do Banco Central sob a Presidência do Reino Unido, o chanceler Rishi Sunak definiu suas prioridades para o próximo ano, que também incluem proteger empregos e apoiar a recuperação econômica global, trabalhar para alcançar uma solução global para os desafios fiscais criados pela digitalização da economia e fornecer apoio necessário para os países mais vulneráveis do mundo.

Sediando a reunião ao lado do governador do Banco da Inglaterra Andrew Bailey, o chanceler instou seus homólogos a corresponder às ambições do Reino Unido à frente da COP26, e ressaltou a importância de trabalhar juntos para apoiar uma transição suave e eficaz da economia.

Ministros e governadores do Banco Central trocaram opiniões sobre a melhor forma e resposta às fases da recuperação global do Covid-19, incluindo apoiar trabalhadores e empresas no curto prazo, ao mesmo tempo em que garantem a sustentabilidade a longo prazo.

O chanceler também destacou o caso moral, de saúde e econômico para a distribuição rápida e justa de vacinas em todo o mundo e pediu ao G7 que assuma a liderança na formação do apoio a países vulneráveis em 2021. 

O G7 deve garantir que as Instituições Financeiras Internacionais tenham as ferramentas certas para equipar e permitir que países vulneráveis respondam à pandemia, e o chanceler pediu aos credores do setor privado que se juntem plenamente para ajudar a garantir tratamentos sustentáveis da dívida para os países mais pobres, abrindo caminho para uma recuperação verdadeiramente global.

Fazer progressos na busca de uma solução internacional para os desafios fiscais da economia digital foi apontado como uma prioridade fundamental. O Reino Unido ressaltou o compromisso com esta questão e pediu ao G7 que trabalhe em conjunto para alcançar uma solução multilateral duradoura até meados de 2021, acordada pelo G20. Para isso, o chanceler apontou para a necessidade de um trabalho conjunto construtivo em todo o G7, G20 e OCDE.

_

G7 é composto pelo Reino Unido, Canadá, França, Alemanha, Itália, Japão e Estados Unidos.

FONTE: GOV.UK

Leave a Reply

Popular

  • 95º aniversário da Rainha Elizabeth II n...

    by on 3 horas ago - 0 Comments

    A Rainha Elizabeth II completa 95 anos nesta quarta-feira, dia 21, marcando o primeiro aniversário sem seu marido, o Duque de Edimburgo, que morreu aos 99 anos no dia 9 de abril.   Não haverá celebrações públicas, pois a monarca continua em luto até sexta-feira (23), e segundo a BBC, acredita-se que alguns membros da […]

  • Eleições para o Conselho de Cidadania do...

    by on 5 horas ago - 0 Comments

    O Consulado-Geral do Brasil em Londres, no uso de suas atribuições legais, torna público o Edital para eleição de 12 membros para a gestão 2021-2023 do Conselho de Cidadania do Reino Unido (CCRU), e convida a comunidade brasileira residente no Reino Unido para participar da eleição.   O CCRU é um foro informal e apartidário, […]

  • Covid-19: dez milhões de pessoas no Rein...

    by on 20 de abril de 2021 - 0 Comments

    Mais de 10 milhões de pessoas no Reino Unido receberam a segunda dose de uma vacina contra o coronavírus, isso significa quase 1 em cada 5 adultos no país. Os serviços de saúde em todo o Reino Unido já administraram um total de 43.084.487 milhões de vacinas entre 8 de dezembro e 18 de abril, […]

  • Mercados em Londres para visitar em 2021...

    by on 20 de abril de 2021 - 0 Comments

    London Eye, Tower Bridge, Oxford Street e Piccadilly Circus, certamente, para a maioria, ao planejar explorar a capital britânica, essas opções estão na lista. Devemos concordar que todos esses lugares são maravilhosos e cada um tem sua magia.    Porém, neste artigo, iremos mostrar opções de mercado em Londres para explorar. Os mercados em Londres […]

  • Quando o pai bate na mãe

    by on 19 de abril de 2021 - 0 Comments

    Os filhos da violência doméstica também são vítimas do agressor. O Brasil ignora as crianças que testemunham suas mães em situação de perigo dentro de casa. Elas carregam consequências por toda a vida e precisam de atendimento e proteção Eu me lembro como se fosse ontem. Um flash me vem nítido na memória. Tinha sete […]

×
Portal Londres