Que tal começar a se preparar já para fazer faculdade no Reino Unido em 2021?

Educação, Fique por dentro, Leia Mais, Utilidade Pública 12 de janeiro de 2021

Nesses mais de 10 anos que eu vivo em Londres, fazer faculdade no Reino Unido sempre esteve na lista de resoluções de Ano Novo de muitas pessoas com quem eu converso, convivo e aconselho profissionalmente – inclusive, muitas dessas pessoas já se formaram e eu morro de orgulho de todas elas.

Entre o sonho de fazer faculdade aqui e a matrícula em um curso superior, existe um fator fundamental para quem deseja alcançar esse objetivo: o planejamento. Nesse meu primeiro texto de 2021, eu vou explicar em quatro etapas como se organizar para tirar esse sonho do papel. Vamos lá:

A escolha e o tipo de curso: Esse primeiro passo vai influenciar todos os outros. Talvez você tenha se mudado para o Reino Unido apenas com o Ensino Médio completo. Nesse caso, você deve fazer uma graduação que inclua um ano de Foundation (Foundation Year, ou ano zero), já que o Ensino Médio do Brasil não é equivalente ao Ensino Médio britânico.

Talvez você não tenha terminado o Ensino Superior antes de se mudar. Se esse é o seu caso e você completou pelo menos um ano de graduação (bacharelado ou licenciatura), você pode fazer um curso de graduação no Reino Unido sem precisar fazer Foundation. Para escolher a área de estudos, um bom começo é pesquisar cursos na página do UCAS e também participar de eventos como Open Days de universidades.

Na Birkbeck, Universirty of London, onde eu trabalho, o próximo evento aberto a estudantes interessados em cursos de graduação acontece virtualmente dia 13 de Janeiro e as inscrições são gratuitas. Nesse evento você consegue saber mais sobre o processo de aplicação, detalhes de cursos, conversa com estudantes e professores. Mestrados ou certificados de pós-graduação (Postgraduate Diplomas) são excelentes opções para quem quer mudar de área, se especializar em uma área específica de atuação, ou se aprofundar em uma área de conhecimento já adquirida na graduação. É importante prestar atenção nos pré-requisitos de entrada de cada mestrado, já que alguns vão exigir formações específicas.

 

Organizando a documentação: Escolhido o tipo do curso que você quer fazer, comece o quanto antes a organizar a sua documentação. Por exemplo, faça a tradução do seu histórico escolar e do seu diploma (do Ensino Médio ou da Graduação, dependendo do curso que você quiser fazer) com um tradutor oficial (juramentado, no Brasil, ou um certified translator, se o profissional estiver no Reino Unido).

Não é necessário fazer a validação de diploma ou pedir certificação de equivalência junto ao Naric. Esse é um erro bastante comum que faz com que muita gente gaste dinheiro à toa. Apenas a tradução desses documentos é suficiente, desde que ela seja feita por um profissional certificado. Atualize o seu CV e traduza-o para o inglês, se o seu objetivo for cursar uma pós-graduação. Tenha um passaporte com validade superior a 6 meses.

E lembre-se de que toda a documentação será enviada para a universidade de maneira virtual (on-line), portanto em algum momento você precisará da cópia escaneada desses documentos. Agências dos correios ou bibliotecas de bairro geralmente têm scanners disponíveis. Ou você pode baixar aplicativos de celular que transformam fotos em documentos de PDF.

 

Se preparando para a prova de inglês: Se organize para estudar inglês acadêmico desde já. Pode ser com professor particular, sozinho ou através de cursos específicos. O inglês acadêmico é diferente do falado no dia-a-dia e vai ajudar você a escrever projetos de faculdade, ensaios e a participar de discussões em sala de aula, além de ser necessário para leituras e pesquisas.

O inglês acadêmico também é o exigido em exames oficiais como o IELTS, TOEFL e Cambridge, por exemplo, e para entrar em uma universidade, você muito provavelmente vai precisar de um certificado de proficiência (a nota que você precisa tirar nas provas  varia de acordo com o nível do curso e área que você quer seguir). O teste de inglês mais conhecido e comum aqui no Reino Unido é o IELTS. As notas exigidas variam entre 6.0 de média geral para cursos de graduação a 7.5 de média geral para cursos de mestrado.

Um dos maiores erros de quem planeja se candidatar a um curso universitário é esperar ter o certificado de inglês para se candidatar. Não seja essa pessoa! A maioria dos candidatos não tem um certificado quando submete a candidatura, é normal! As universidades dão prazos para que os candidatos enviem as notas de inglês e esse prazo é geralmente entre julho e agosto, caso o curso comece entre Setembro e Outubro. Um bom começo para entender o que é o IELTS e estudar para a prova é entrar no site oficial do IELTS.

 

Pagamento da universidade: O valor dos cursos universitários e o acesso a empréstimos do governo britânico dependem principalmente da nacionalidade, local de residência e status migratório dos candidatos. Via de regra, para ter acesso a valores de estudantes locais (que é mais baixo daqueles cobrados de estudantes internacionais), o candidato precisa ser cidadão britânico, ou ter residência permanente no país e residir no Reino Unido há pelo menos três anos antes do primeiro dia do ano letivo.

O critério de residência também vale para cidadãos europeus que aplicaram para o pre-settlement ou settlement antes de 31 de dezembro de 2020. Quando você submeter a sua candidatura, a própria universidade fará essa análise e o informará a respeito de valores, formas de pagamento e se você pode ter acesso, por exemplo, ao Student Loan para pagar a graduação, ou ao Master Loan, para pagar o mestrado.

Quem já tem título de graduação ou mestrado, ainda que de outro país, geralmente não tem acesso a empréstimos. Se você for pagar o curso com recursos próprios, os valores podem ser pagos à vista ou a cada três meses, na maioria das instituições. Na Birkbeck, é possível fazer o pagamento em mensalidades para quem tem conta bancária no Reino Unido.

 

Tem dúvidas?
Manda pro e-mail: v.ribeiro@bbk.ac.uk

 

LEIA TAMBÉM:

Como estudar em uma universidade britânica

Veridiana Ribeiro

Leave a Reply

Popular

  • 95º aniversário da Rainha Elizabeth II n...

    by on 2 horas ago - 0 Comments

    A Rainha Elizabeth II completa 95 anos nesta quarta-feira, dia 21, marcando o primeiro aniversário sem seu marido, o Duque de Edimburgo, que morreu aos 99 anos no dia 9 de abril.   Não haverá celebrações públicas, pois a monarca continua em luto até sexta-feira (23), e segundo a BBC, acredita-se que alguns membros da […]

  • Eleições para o Conselho de Cidadania do...

    by on 4 horas ago - 0 Comments

    O Consulado-Geral do Brasil em Londres, no uso de suas atribuições legais, torna público o Edital para eleição de 12 membros para a gestão 2021-2023 do Conselho de Cidadania do Reino Unido (CCRU), e convida a comunidade brasileira residente no Reino Unido para participar da eleição.   O CCRU é um foro informal e apartidário, […]

  • Covid-19: dez milhões de pessoas no Rein...

    by on 24 horas ago - 0 Comments

    Mais de 10 milhões de pessoas no Reino Unido receberam a segunda dose de uma vacina contra o coronavírus, isso significa quase 1 em cada 5 adultos no país. Os serviços de saúde em todo o Reino Unido já administraram um total de 43.084.487 milhões de vacinas entre 8 de dezembro e 18 de abril, […]

  • Mercados em Londres para visitar em 2021...

    by on 20 de abril de 2021 - 0 Comments

    London Eye, Tower Bridge, Oxford Street e Piccadilly Circus, certamente, para a maioria, ao planejar explorar a capital britânica, essas opções estão na lista. Devemos concordar que todos esses lugares são maravilhosos e cada um tem sua magia.    Porém, neste artigo, iremos mostrar opções de mercado em Londres para explorar. Os mercados em Londres […]

  • Quando o pai bate na mãe

    by on 19 de abril de 2021 - 0 Comments

    Os filhos da violência doméstica também são vítimas do agressor. O Brasil ignora as crianças que testemunham suas mães em situação de perigo dentro de casa. Elas carregam consequências por toda a vida e precisam de atendimento e proteção Eu me lembro como se fosse ontem. Um flash me vem nítido na memória. Tinha sete […]

×
Portal Londres