O que é fome emocional e como combater?

Fique por dentro, Leia Mais, Mais Lidas, Saude, Utilidade Pública 17 de novembro de 2020

Por vezes, estamos diante de um programa de culinária e, ao acompanhar a preparação dos alimentos, ficamos sujeitos àquelas imagens com aparência saborosa e passamos a desejar tudo aquilo que está sendo posto diante de nós. Cria-se uma vontade absurda de saciar a fome repentina com aquele alimento que apareceu ou até mesmo um similar.

Podemos até estar com fome, sem saber ao certo o horário da última refeição. No entanto, se tivermos realizado nossa refeição recentemente, isso se caracterizaria como fome? E se perpetuar por dias a vontade de comer aquele alimento visto, continua sendo fome? Sim e sim, porém, não se trata de uma fome fisiológica a qual sentimos a necessidade de comer. Trata-se de fome emocional.

A nutricionista Clarissa Lemos explica em entrevista que “a gula e a fome emocional começam na cabeça”. Outro fator que a profissional aponta como fome emocional é “estou triste, estou cansado, estou entediado, estou feliz, estou com raiva, vou comer. Ao invés de perceber o que está acontecendo e se concentrar na resolução do problema, colocamos um prato de comida em cima do problema e ficamos com a sensação de conforto até o problema aparecer outra vez”, esclarece.

Essa fome desencadeia, geralmente, a busca por alimentos calóricos, ricos em açúcar e/ou gordura, o que pode tornar um vício, caso não seja tratado. Comumente, a fome emocional está relacionada a problemas como depressão, transtornos, ansiedade e insatisfação com o corpo, e isso precisa ser acompanhado por profissionais especializados.

Para combater, recomenda-se analisar e entender porque isso causa a procura por alimentos. Depois, tentar desviar o foco, deixar a mente ser ocupada por tarefas e atividades até esquecer o desejo pela comida. Por fim, Clarissa conclui: “Entender os anseios humanos é fundamental para qualquer mudança, seja ela de estilo de vida, seja ela uma proposta mais estética. O Respeito ao corpo deve prevalecer”.

                           

Texto de Ana Rithielly

Deixe seu Comentário

Popular

  • Boris Johnson anuncia reabertura de seto...

    por em 12 horas atrás - 0 Comentários

    O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, informou hoje (23), as restrições que serão impostas ao fim desse segundo lockdown na Inglaterra. O bloqueio que teve início dia 5 de novembro e terminará dia 2 de dezembro, agora contará com regras de acordo com os níveis de casos em cada região.   O QUE REABRIRÁ APÓS O […]

  • Natal: “flexibilização” de p...

    por em 22 de novembro de 2020 - 0 Comentários

    Entende-se até o momento que o objetivo é um abrandamento das regras em todo o Reino Unido pelo período de uma semana, para que as famílias possam se reunir. Contudo, regras rígidas permanecerão em vigor na Inglaterra mesmo depois que o bloqueio nacional acabar no dia 2 de dezembro. Esse sistema estará em vigor de […]

  • Veja a lista dos vencedores do Best of B...

    por em 20 de novembro de 2020 - 0 Comentários

    Ocorreu ontem (19), a cerimônia de premiação do Best of Brazil European Awards 2020. Idealizado pelo empreendedor Rafael dos Santos, o evento contou com a presença de convidados especiais, foram eles: Angela Hirata, Douglas Heizer, Marcos Viana, Luiza Brunet e Neguinho da Beija-Flor. Inicialmente a premiação iria ocorrer no Parlamento Britânico, mas devido a pandemia […]

  • Conheça a Livros For Kids, a distribuido...

    por em 19 de novembro de 2020 - 0 Comentários

    Criada pela empresária brasileira Vanessa Pfeil, a distribuidora Livros For Kids tem como objetivo promover a língua portuguesa e a cultura brasileira no exterior com qualidade e preço acessível, para que o maior número de famílias possam deixar o português como língua de herança para os seus filhos. Atualmente, é a maior distribuidora de livros […]

  • As vantagens de ser psicólogo (a) no Rei...

    por em 18 de novembro de 2020 - 0 Comentários

    Dia de série das profissões, toda semana trazemos uma profissão para esclarecer como são as oportunidades de trabalho, como ingressar, os desafios, os prazeres, para assim, quem pensa em iniciar uma profissão no Reino Unido, possa ter referência e exemplos sobre sua área. A entrevistada de hoje é a Bruna Brunetti, graduada em Psicologia pela […]

×
Portal Londres