Aplicativo Linha Direta e amigos solidários do mundo unem-se para facilitar o pedido por socorro imediato ao redor do mundo.

Economia/Política, Fique por dentro, Mais Lidas, Mais recente, Moda e beleza, Para Dar Detaque, Saude, Sem categoria, Utilidade Pública 21 de junho de 2020

Aplicativo Linha Direta e amigos solidários do mundo unem-se para facilitar o pedido por socorro imediato ao redor do mundo

Londres, 03 de junho de 2020 – Na última sexta-feira (29) a Caring Friends e o Grupo Mulheres do Brasil núcleo Londres coordenaram o encontro com a equipe do aplicativo Linha Direta para apresentar os usos, utilidades e recursos que a inovação trás para a segurança pessoal e comunitária. Dentre os participantes encontravam-se também membros do grupo Open Innovation BR Israel e agentes de segurança e de órgãos de prevenção à violência contra a mulher. Criado em 2017 por Leonardo Gandelman, o aplicativo funciona como um canal exclusivo para o envio e o recebimento de chamadas de emergência e urgência entre pessoas de confiança e pessoas próximas.
Com objetivo de salvar vidas, o aplicativo Linha Direta facilita o pedido por socorro imediato de pessoas isoladas e vulneráveis. Idosos, mulheres e pessoas que estejam sofrendo qualquer tipo de violência, e que tenham medo de pedir por ajuda e terem a violência agravada por ser agressores. Segundo Leonardo, durante a parceria com a Polícia Militar do Rio de Janeiro que possibilitava aos usuários chamar agentes policiais, mais 80% dos pedidos de socorro realizados foram para o círculo pessoal de conhecimento da vítima e não para a polícia.
Disponível IOs (Iphone) e Android, seu uso não requer habilidades avançadas em tecnologia digital. O aplicativo é completamente acessível e gratuito e o usuário precisa apenas de um smartphone com internet. Após fazer a instalação e realizar o cadastro, o usuário precisa aceitar as permissões e adicionar seus contatos de confiança podendo organizá-los em grupos.
Leonardo exemplificou, “pode ser criado o núcleo de Londres, ou o grupo das mães, ou grupo da família, ou qualquer grupo” e complementou “não fazemos uso de nenhuma informação dos usuários e as mensagens são enviadas apenas para as pessoas selecionadas no momento do alerta. É importante lembrar, também, que o som do smartphone precisa estar ligado para que o contato de emergência receba o alerta sonoro.”. O aplicativo foi testado durante a reunião e instalado pelos participantes. Demonstrando a facilidade e praticidade de uso.
Ao abrir o aplicativo o usuário verá a tela para emitir o alerta. Pressionando a sirene optará pelos grupos e/ou contatos a quem enviará o alerta que precisam ter o aplicativo instalado em seu telefone para recebe-lo. Após gravar e/ou digitar o pedido por socorro e selecionar o local, a mensagem é enviada aos contatos selecionados que recebem uma notificação sonora(sirene) e visual, separando emergências de mensagens pessoais trocadas em outras plataformas.

O aplicativo se fecha automaticamente, sem deixar rastros sobre o pedido de ajuda, garantindo a segurança do usuário. “Essa função foi desenvolvida pensando na segurança das mulheres, crianças e idosos em situação de violência doméstica, e pessoas que podem vir a sofrer uma nova violência caso o agressor saiba do pedido de ajuda.”, comenta Leonardo. Através da celebração de parceria com a startup qualquer órgão público, associação, condomínio preocupado com a segurança de seus membros pode ter um dashboard e um canal direto para receber alertas de emergência gratuitamente.
A reunião teve apoio do Comitê do Direito da Mulher do núcleo de Londres do Grupo Mulheres do Brasil (GMDB), instituição sem fins lucrativos fundada no Brasil há 7 anos e que conta com a colaboração e engajamento de 43000 mulheres ao redor do mundo. Um dos focos do grupo de mulheres é o combate a violência doméstica, através da organização da sociedade civil. Entre os presentes estavam as líderes Andrea Serva, Marli Pires e Vanda Maeda do Comitê de Direitos da Mulher, Elizabete Scheibmayr Líder do GMDB de São Paulo do Comitê de Combate à Violência contra a Mulher, Valéria da Cunha Prado Campiglia do Núcleo de Nova Iorque e Iramaia Kotschedoff líder do núcleo de Dusseldourf da Alemanha.
Visando garantir estratégias de segurança para a população brasileira que reside e trabalha no exterior, também contou com a participação de Karla Ponce Leon Lira Couto, Coordenadora-Geral do Ligue 180 e Lucas Carvalho da Secretaria Nacional de Políticas para as Mulheres, do Governo Federal brasileiro, de Jaqueline Mesquita, Assessora da Comissão Mista de Combate à Violência Contra a Mulher do Congresso Nacional brasileiro e do Policial Elvis da Metropolitan Police de Londres.
O encontro foi uma excelente oportunidade para estabelecer parcerias e criar colaboração entre os órgãos públicos, ONGs, associações e a sociedade civil de brasileiros residentes e atuantes dentro e fora do Brasil. Registrando a presença, também, de Lucia Aeberhardt do Madalena’s da Suiça, Angela Motta da Associação ECCO, Ocirema Okukleta da Associacao Cedrac de Zurique, Selma Ferreira Cazes, a Presidente do Consid de Faro em Portugal, Juliana Wahlgren Fundadora e Coordenadora Jurídica da Revibra e Advogada nas Cortes Europeias de Justiça e de Direitos Humanos pelos dosssiers ENAR (anti-discriminação/migração/fundamental rights) da Bélgica, Adenilson Pereira da Raiz Mirim de Bruxelas, entre outros amigos solidários preocupados com a segurança e a prevenção à violência.
“Hoje milhares de brasileiros que vivem fora do Brasil passam dificuldades severas para buscar ajuda em momentos de emergência e urgência e a Caring Friends tem se debruçado sobre essa problemática. Esse encontro de apresentação do aplicativo Linha Direta buscou mobilizar sua implantação como estratégia para prevenir a violência, principalmente a doméstica e contra a mulher, trazendo mais segurança para as pessoas ao redor do mundo”, comenta Luciana Oliveira, organizadora do encontro.
O desenvolvimento do aplicativo Linha Direta visa garantir a inclusão social, prezando pela acessibilidade de pessoas com deficiência, e vem promovendo a comunicação entre quem precisa de socorro e quem pode socorre-lo. Encontra-se em execução a sua tradução para outros idiomas – além da língua portuguesa brasileira – para que qualquer pessoa que precise de ajuda a tenha de forma rápida, eficiente e segura.

O aplicativo Linha Direta está disponível nas lojas Google Play e App Store.

Aplicativo Linha Direta

Deixe seu Comentário

×