Stress e microbiota intestinal

Destaque Principal, Fique por dentro, Saude, Utilidade Pública 16 de janeiro de 2020

O nosso intestino é o lar de mais de 100 trilhões de bactérias, conhecidas como microbiota. Como uma impressão digital, a combinação de bactérias em seu corpo é diferente da de todos os outros. As boas bactérias da microbiota intestinal ajudam o corpo a produzir compostos essenciais para o seu funcionamento, como neurotransmissores, ácidos graxos de cadeia curta e certas vitaminas como a vitamina K. Eles ajudam na digestão de certos alimentos e desempenham um papel importante no sistema imunológico, executando um efeito de barreira, mas eles só podem fazer seu trabalho se receberem houverem condições ideais para tanto.

 

Durante períodos estressantes, o corpo libera hormônios que aumentam a respiração e os batimentos cardíacos e prepara os músculos para responder a uma ameaça. Essa “sensação de ameaça “ desencadeia uma sequência bem coreografada que evoluiu ao longo de milhões de anos. Uma das principais áreas onde o fluxo sanguíneo fica restrito durante períodos de estresse é o sistema digestivo. Alterações no fluxo sanguíneo e secreções no intestino diminuem a diversidade microbiana e diminuem o número das bactérias benéficas, criando condições para o desenvolvimento de cepas bacterianas indesejáveis. É uma via de mão dupla, onde o estresse afeta a saúde intestinal e a saúde intestinal afeta a maneira como o corpo gerencia o estresse. O cérebro e o intestino se comunicam constantemente, por um complexo sistema de conexões neurais que envolvem o sistema nervoso central e o sistema nervoso entérico (digestivo).

 

 

O estresse é apenas um dos fatores a serem manejados quando falamos em microbiota intestinal, ainda temos o consumo de fibras, ingestão de água, de probióticos e prebioticos.

Fica bem claro que a saúde mental e uma vida menos estressante podem mudar a forma como seu corpo funciona.
Diminua o ritmo, melhore sua microbiota e sua vida!

Aqui no consultório em Harley Street, você encontra a avaliação com BodyMetrix e uma série de exames que podem ajudar você a ter uma alimentação mais balanceada e direcionada para suas necessidades!

Texto por Carolina Capellari Simon

Últimos posts por Carolina Capellari (exibir todos)

Deixe seu Comentário

×