Tecnologia e as relações humanas nas empresas do futuro

Cotidiano, Destaque Mais Lidas, Destaque Principal, Economia/Política, Entretenimento, Fique por dentro, Para Dar Detaque, Sem categoria, Utilidade Pública 26 de novembro de 2019

Me chamo Inez Lemos Lopes, atuo como Facilitadora Contábil na Trady Ass. & Consultoria Contábil.

 

Estarei a partir de agora escrevendo como colunista nesse canal, visando com o know how que adquiri ao longo dos anos de trabalho e experiencia , trazer para os leitores, informações sobre automação contábil e neste primeiro artigo relato o que vivenciamos no 18.a Conescap sediada em Vitoria no Espírito Santo durante 3 dias, passou da expectativa à demonstração do atual cenário em nosso universo contábil.

 

Uma convergência em quase todas as falas dos palestrantes, a experiência do cliente precisa ser cada vez mais “wow” e sem nenhuma  fricção.

 

A preocupação deverá ser continua e obrigatória de tornar a jornada do cliente, algo prático e incrível. Isso significa talvez pensar e agir de forma mais simples.

 

Não ter medo da onda tecnológica, porque para os profissionais preocupados e curiosos, essa demanda será atendida. Porque já é realidade em nosso mercado startups com custos acessíveis, ou seja, não tem mais desculpas.

 

As atividades operacionais precisarão ser absorvidas pelas tecnologias para que possamos ter tempo de investir nas relações pessoais.

 

O capital humano continua em alta. O time deverá ser empoderado e autônomo. Inclusive times menores são mais fáceis de serem gerenciados, significa dizer, criar líderes em pequenas escalas e replicar as ideias boas.

 

A cultura do Vale do Silício, lançar mesmo que seja protótipo, errar para aprender e corrigir rápido, aparece de forma mais objetiva e possível dentro do nosso universo.

Propósito e valores pessoais deverão estar alinhados com o propósito da empresa. Os valores claros e estabelecidos, deverão ser massivamente difundidos internamente e serão  estratégias de sucesso.

 

A individualidade da persona deverá ser respeitada, dessa forma a parceria tenderá ser mais duradoura.

 

Ao final dessas implantações, nosso cliente desejará fazer parte desse grupo, haverá valor na sua entrega.

 

As relações internacionais e ocorrências mundo afora poderá impactar os negócios aqui no Brasil, mas a fala do Ricardo Amorim apresentou através da história um cenário otimista, nos dando fôlego e esperança para empreender sem medo de ser feliz.

 

Arthur Igreja desmitifica o medo acerca da tecnologia, com um olhar irreverente e cuidadoso sobre as tendências  malucas que são empurradas pela mídia. Precisamos estar atentos as modinhas, para não cair em armadilhas.

 

Para encerrar com chave de ouro Leandro Karnal abordou com uma delicadeza que lhe é peculiar, que para termos sucesso precisamos nos esforçar, focar no objetivo a ser alcançado. Você terá sorte em qualquer coisa que se propuser a fazer.

 

Não é possível alcançar o céu se não conseguirmos sair do chão.

Inez Lemos Lopes

Inez Lemos Lopes

Bacharel em Ciências Contábeis pela Universidade São Judas Tadeu, pós-graduada em Gestão tributária pela Fecap, especialização em Didática, palestrante em seminários e treinamentos contábeis, autora de artigos para revistas de assuntos técnicos, participante de seminários internacionais em Stanford, MIT, Imperial College e McGill, atua 31 anos como facilitadora contábil na Trady Assessoria & Consultoria empresa especializada em prestação de Serviços Contábeis e diretora suplente no Sescon/SP.

Últimos posts por Inez Lemos Lopes (exibir todos)

15 Comentários para “Tecnologia e as relações humanas nas empresas do futuro”

  1. Fantástico amiga. Resumiu nossa saga. Vamos no conoctat a.pessoas. felicidades na empreitada

    • Inez Lemos Lopes em 28 de novembro de 2019 @ 11:20

      Claudete

      Mensalmente farei a publicação de um artigo, seu apoio é muito importante para que essa empreitada seja de sucesso.

      Obrigada pelo feedback. 🙂

      Inez

  2. Ótimo artigo Inez, precisamos dar esse enfoque para aumentar o interesse dos empresários em nosso poder profissional ao lado deles, fazendo gerar através dos facilitadores (tecnologia) os mais rápidos e eficazes resultados para seus negócios. Somos capazes de agregar muito valor às empresas atuando em suas várias áreas, desenvolvimento, crescimento e progresso.

    • Inez Lemos Lopes em 28 de novembro de 2019 @ 11:22

      Silvana

      Essa é a ideia da minha mentora Angela, falar com a alma para os empreendedores. Juntos somos mais fortes e chegaremos mais longe. 🙂

      Inez

  3. Marcelo Zetune em 27 de novembro de 2019 @ 08:56

    Inez, parabéns pela iniciativa e pela qualidade de seu artigo. Recomendo compartilhar em nossas redes sociais e nos WhatsApp de suas conexões com os Colegas do Sescon e demais grupos. Outra sugestão se permite , convide os mais preparados para tbm te encaminharem artigos de interesse destas áreas. Compartilhar é Educar, Ensinar e Aprender. 👏👏👏👏👏tenha um ótimo dia .

  4. Parabéns Inez, tenho te acompanhado e me orgulho de fazer paste de um grupo que pessoas como vc também participa. Sua história de vida é linda e vc é um ser humano brilhante. Parabéns pelo sucesso que é muito merecido. Continue brilhando sempre

  5. Parabéns.

  6. Brilhante!! 👏👏👏

  7. Parabéns minha amiga! Vc é referência! Artigo bem elaborado e provocativo. Instiga contextualização para o
    Leitor. Compartilhar seu aprendizado já demonstra a generosidade e grandeza! Que venham mais experiências para degustarmos!

  8. Inez,
    Muito interessante a maneira que vc se posiciona, nos faz refletir “que os novos desafios são possíveis de serem vencidos e podem ser tornar excelentes oportunidades”.
    Parabens

Deixe seu Comentário

×