O que fazer para melhorar seu credit score

Economia/Política, Fique por dentro, Mais Lidas, Saude, Utilidade Pública 18 de outubro de 2019

credit score

Só pagar as contas em dia não é o suficiente.

Se você sonha em comprar a sua casa própria aqui na Inglaterra ou pensa em obter crédito em qualquer instituição financeira, a companhia vai calcular e avaliar a sua pontuação de crédito, o chamado Credit Score.  A decisão de te dar empréstimo ou não será tomada dependendo do seu histórico de crédito, dos detalhes da sua aplicação e dos dados que eles já possuam sobre você, caso já seja um cliente. Vale lembrar que as empresas tem critérios diferentes em que se baseiam para tomar esta decisão.

É muito importante tomar algumas medidas para que esse Credit Score seja o melhor possível e assim ter mais possibilidades de crédito no futuro com juros baixos.

Quanto mais alto for o seu relatório de crédito, mais vantagens. Os credores passam a ver você como um cliente de baixo risco e assim a probabilidade de ter seu empréstimo aprovado será maior, com taxas de juros mais baixas e com limites de créditos maiores. Além de ter seu leque de ofertas de créditos ampliadas, podendo escolher o que é mais adequado para você e sua família.

Não existe um tempo determinado para que você consiga melhorar seu Credit Score, pois isso vai depender do seu perfil de crédito atual.  Mas algumas instituições financeiras podem demorar entre três a seis meses para estarem cientes da sua nova conta bancária ou cartão de crédito e a partir daí ver melhorias reais para sua pontuação, mas é importante começar o quanto antes a tomar algumas medidas que possam te auxiliar a construir este processo com mais rapidez e eficiência.

Aqui vão 4 dicas fundamentais para melhorar a sua pontuação de crédito.

1 – Prove onde você mora. Cadastre-se no registro eleitoral em seu endereço atual. Você pode fazer isso mesmo se você estiver em dividindo casa com outras pessoas ou viver em casa com seus pais.

2- Construa seu histórico de crédito. Ter pouca ou nenhuma história de crédito pode dificultar para que as companhias façam essa avaliação, e sua contagem de crédito pode ser mais baixa em conseqüência disto. Este é um problema comum para os jovens e para as pessoas que são novos no país. Felizmente, existem alguns passos que você pode ser capaz de tomar para construir o seu histórico de crédito.

3 – Pagar suas contas em dia a cada mês é uma boa maneira de mostrar aos credores que você é um cliente confiável, e capaz de lidar com o crédito de forma responsável. Contas antigas e bem geridas irão geralmente melhorar a sua pontuação.

4. Mantenha a sua utilização de crédito baixa. Sua utilização de crédito é a porcentagem que você usa do seu limite de crédito. Por exemplo, se você tem um limite de £2000 e você usou £1000 disso, sua utilização de crédito é de 50%. Geralmente, uma porcentagem mais baixa será vista positivamente por companhias, e aumentará sua contagem em conseqüência. Se possível, tente manter a sua utilização de crédito a 25%.

Importante lembrar que existem algumas “estratégias” a serem seguidas para manter sua pontuação de crédito saudável, digamos assim.

Não aplique para todas as propostas de créditos que batem à sua porta. Fazer pedidos de crédito frequentemente em um curto espaço de tempo pode fazer com que os credores pensem que você depende do crédito excessivamente e consequentemente emprestar mais dinheiro para você terá um risco mais elevado. Não importa a qual tipo de crédito você se candidatar, ou quanto esta pedindo para emprestar, cada vez que fizer um pedido, ficará  registrado em seu relatório. Assim, o melhor é esperar pelo menos três meses entre um pedido e outro. Vale lembrar que cada empresa tem seu critério de avaliação.

Evite atrasar os pagamentos dos seus compromissos ou deixar de pagá-los, a conhecida inadimplência. Ambos irão prejudicar, e muito, a sua pontuação de crédito.

Só empreste o que puder pagar. Problemas com débitos podem levar a sérias consequências como julgamentos da Corte do Condado (CCJ), acordos voluntários individuais (IVA) ou mesmo a bancarrota    ( falencia) . Estes acontecimentos permanecerão em seu relatório de crédito por até seis anos e colocar uma grande marca no seu Credit Score.

Muito importante checar as sua contas e seu Credit Score regularmente e estar atento a todos os sinais de atividade fraudulenta que possam prejudicar sua pontuação de crédito. Se você perceber aumento na quantia que você deve, ou qualquer transação que você não tenha feito, tome as devidas providências, entre em contato com seus credores imediatamente. Uma vez comprovada a fraude eles devem “reparar” rapidamente sua imagem financeira.

Qualquer dúvida entre em contato com a gente e vamos rumo ao Credit score alto, para assim ajudar vocês a conquistarem o sonho da casa própria.

 

2 Comentários para “O que fazer para melhorar seu credit score”

  1. Como entrar em contato com a Sahmylle Peixe.
    Precisando de ajuda nessa área que ela trabalha.

Deixe seu Comentário

Popular

  • A interação com a natureza na infância faz parte da biografia de grandes ambientalistas e pode formar uma geração de adultos mais conscientes

    A interação com a natureza na infância f...

    por em 11 de agosto de 2020 - 0 Comentários

    No final da década de 1970, um professor da Universidade Estadual de Iowa, Thomas Tanner, investigou a vida de ambientalistas na tentativa de identificar o que os havia atraído para o ativismo ambiental e descobriu que a influência mais significativa era a experiência vivida na natureza, em áreas rurais ou lugares de natureza selvagem. Em […]

  • Se imaginássemos por um instante que o seu dinheiro pudesse falar:  O que ele diria de você? De vocês juntos e dessa relação? E você, o que você diria dele? Talvez ele dissesse que você tende a ser “possessivo”  e que ele nunca pode circular, ou então que você o ignora completamente e não dá atenção. Ou ainda, que você não cuida dele e que já te ouviu dizer muitas vezes que ele é a fonte de todos os seus problemas.  Você poderia dizer que ele não é constante, que chega e logo vai embora e que você não entende o que é preciso fazer para que ele seja mais presente na sua vida. Como a famosa DR, na hora de “discutir a relação” tem gente que sai de fininho, simplesmente porque tem dificuldade de entrar em contato com seus próprios sentimentos, emoções e de assumir responsabilidades. Mas, infelizmente o dinheiro não fala!  No entanto, a nossa relação com ele se expressa através dos nossos comportamentos, pensamentos e emoções. Compartilho 3 motivos para discutir a relação com o seu dinheiro: Encontrar a paz nessa relação Como nos relacionamentos, quem quer  DR quer melhorar a relação. O objetivo não é aumentar o conflito, mas mostrar os pontos que podem ser melhorados. Vivemos em um mundo de polaridades e para encontrar a harmonia é necessário olhar e acolher também o que rejeitamos. Descobrir quais são seus comportamentos  Os comportamentos que você tem com o seu próprio dinheiro dizem mais sobre você do que você imagina.  É mais fácil prestar atenção e falar do comportamento dos outros. Observar os próprios comportamentos dá o poder de mudar o que você quiser. Abrir o seu coração, ser verdadeiro e congruente A congruência  é um alinhamento entre o que pensamos, sentimos e fazemos. Sabe aquela frase “Faça o que eu falo, mas não o que eu faço”, então é um bom exemplo de incongruência. Tem gente que decide e faz de tudo para aumentar a própria renda, mas no fundo pensa que não merece.  Ou que pensa que merece, mas na prática não faz nada, não cuida do próprio dinheiro. Isso causa uma incoerência. Abrir o seu coração vai permitir acessar todas as informações que estão por trás desse relacionamento e alcançar este alinhamento com o que é importante para você.

    3 motivos para fazer uma DR com o seu di...

    por em 9 de agosto de 2020 - 0 Comentários

    Se imaginássemos por um instante que o seu dinheiro pudesse falar:  O que ele diria de você? De vocês juntos e dessa relação? E você, o que você diria dele? Talvez ele dissesse que você tende a ser “possessivo”  e que ele nunca pode circular, ou então que você o ignora completamente e não dá […]

  • Stamp Duty: Isenção temporaria sobre compras de ate £500.000 ate março 2021

    Stamp Duty: Isenção temporaria sobre co...

    por em 7 de agosto de 2020 - 0 Comentários

    O chanceler Rishi Sunak anunciou um feriado temporário no imposto de selo (Stamp Duty) nas primeiras 500.000 libras esterlinas, de todas as vendas de imóveis na Inglaterra e na Irlanda do Norte. O limite de impostos foi temporariamente aumentado para 500.000 libras até março 2021 para impulsionar o mercado imobiliário e ajudar os compradores em […]

  • O Reino Unido dá início ao projeto “Eat Out to Help Out”, em que vai pagar a conta do restaurante da população.

    O Reino Unido dá início ao projeto “Eat...

    por em 5 de agosto de 2020 - 0 Comentários

    O projeto funcionará assim: num limite de até 10 libras por pessoa, o governo paga a conta de quem sair para comer fora de segunda à quarta feira. O Reino Unido lança nesta semana o projeto Eat Out to Help Out, que faz parte de uma série de ações para tentar minimizar os danos dos […]

  • As novas regras de Lockdown no Norte da Inglaterra e o risco da segunda onda.

    As novas regras de Lockdown no Norte da ...

    por em 3 de agosto de 2020 - 0 Comentários

    As novas regras de Lockdown no Norte da Inglaterra indicam que ainda é cedo para qualquer medida de relaxamento sobre o Corona Vírus. Às nove horas e quinze minutos da noite de quinta feira, o governo britânico anunciou por redes sociais, novas regras de isolamento na região norte da Inglaterra, incluindo: Manchester, Lancashire e West […]

×