Brexit: Governo britânico divulga novas regras aos europeus 

Cotidiano, Economia/Política, Fique por dentro, Leia Mais 9 de setembro de 2019

brexit-pixabay

O governo britânico divulgou um comunicado que contém as novas regras e procedimentos que serão adotados para os europeus e seus familiares que chegarem após o Brexit, em especial, caso o Reino Unido (UK) saia sem o acordo.

Segundo o anuncio, as instruções não serão aplicadas aos europeus e familiares que já se encontram no Reino Unido ou até mesmo aos que chegarem até às 23h do dia 31 de outubro de 2019.

Com o acordo, as novas regras de solicitação de Residência Temporária (European Temporary Leave to Remain – Euro TLR) para os europeus e familiares que chegarem após a data final (31 de outubro de 2019) será um período de – 1 de novembro de 20109 até 31 de dezembro de 2020.

O prazo tem a finalidade de legalizar-se no Reino Unido, ou seja, quem não solicitar a residência dentro desse período estará ilegal no UK e poderá ser removido pela imigração.

A partir da data de autorização da EURO TLR, a duração de residência será de 36 meses. O EURO TLR pode ser adquirido pelos europeus e familiares que chegaram ao UK pela primeira vez, a apartir das 23h do dia 31 de outubro de 2019, os cônjuges e parceiros dos cidadãos europeus e filhos até 18 anos.

Leia também:

Conforme as novas regras, os europeus e familiares que chegarem após o Brexit, no caso de No Deal (sem acordo), terão que se atentarem com as mudanças, pois não haverá mais retenção de visto, isto é, o visto só poderá ser solicitado até o dia 29 de março de 2021 para aqueles que chegarem antes do dia 31 de outubro de 2019.

Além disso, as novas regras terão o fim da rota Surinder Singh para os britânicos que se mudarem para um dos países europeus a partir de 1 de novembro de 2019. E, ainda fim da validade das identidades europeias para entrada no UK, o que será introduzido até 2020.

Outra medida que será adotada, caso não haja acordo, será a solicitação do Family Permit que passará a ser obrigatória aos dependentes de europeus que não possuírem o passaporte europeu.

Mas afinal, quando termina o período de transição? O período de transição oficialmente termina a partir do dia 1 de novembro de 2021. Este prazo será para que todos os europeus e dependentes provem o status que irá realizar as atividades legalmente no UK, entre eles entrar no País para trabalhar, estudar, utilizar os serviços do NHS (saúde pública), e receber benefício. O período de transição inicia a partir da saída, sem acordo, do Reino Unido da União Europeia (UE) e segue até o dia 31 de dezembro de 2020.

Outras informações podem ser adquiridas diretamente no site oficial do governo britânico, pelos links abaixo.

Para saber sobre a European Temporary  .

E, sobre No Deal (sem acordo). 

 

 

Por Laura Arruda com informações do Gov.uk
Imagem: brexit-pixabay

Deixe seu Comentário

×