Nutrição infantil: Meu filho não come, e agora o que faço?

Curiosidades de Londres, Fique por dentro, Leia Mais, Mais Lidas, Saude 13 de maio de 2019

Após diversos desabafos e mais de 100 comentários nas redes sociais, nossa redação se interessou pelo assunto e buscou informações com uma especialista em Nutrição Infantil. Muitas mães comentaram suas experiências com os seus filhos, e logo muitas já passaram e passam pela mesma situação. Na tentativa de se ajudarem, os conselhos já passaram dos 100 comentários num post desesperado de uma mãe pedindo ajuda, pois seu filho não come e já recorreu a médicos e especialistas.

Para a nutricionista comportamental e infantil, Marina Ferrari, o assunto desperta a atenção dos profissionais da área, visto que as mães devem sim se preocupar e buscar ajuda de profissionais que lidam com esse assunto. “Chama mesmo a atenção. A demanda sobre como lidar com questões alimentares dos filhos existe, e é natural buscarmos ajuda com quem já tenha passado por uma situação parecida. As trocas de experiências são importantes e muitas vezes reafirmantes de que essas situações são comuns, além do benefício do apoio mútuo. Entretanto, precisamos lembrar que cada situação é única. O que funcionou muito bem para uma mãe pode ter efeito bastante negativo em outro caso, que apesar de ter o mesmo sintoma, pode ter uma razão diferente. Existem muitos motivos que levam às crianças comerem de forma diferente do que é esperado pelos pais. O profissional especialista em comportamento alimentar infantil poderá avaliar todo o contexto daquela criança e a base do sintoma, diferente das outras mães que só têm a parte da informação que foi compartilhada na rede social. Pais que não estejam seguros em relação à alimentação de seu filho podem procurar profissionais como nutricionistas, fonoaudiólogos e/ou terapeutas ocupacionais especialistas em cuidados pediátricos, que são ótimos aliados nessas situações”, afirma a nutricionista.

O Portallondres preparou algumas perguntas e a especialista respondeu abaixo.

Portallondres: Marina, o que faço meu filho não come?
Marina Ferrari responde: Primeiro precisamos saber o que significa esse “não come” para cada mãe (ou pai). Se a criança está com ganho de peso dentro do esperado, ela está recebendo energia suficiente. Agora, se essa energia não está vindo dos alimentos que os pais consideram adequados, precisa-se avaliar de onde está vindo essa energia e repensar a rotina alimentar da criança. E o profissional indicado nesse caso é um nutricionista materno-infantil ou pediátrico. Toda criança saudável tem apetite e saciedade que são regulados pelo próprio organismo. Se a criança está sem apetite a ponto de parar de ganhar ou perder peso, é preciso descartar situações, como por exemplo, é o caso da anemia, que reduz o apetite da criança. Em situações assim um médico deve ser procurado.

Portallondres: Porque devo me preocupar se meu filho não come com frequência?
Marina Ferrari responde: A preocupação deve ser se a criança está ingerindo energia e nutrientes suficientes para crescer, aprender e brincar. Fazer várias refeições ao dia é esperado para garantir esses nutrientes, e a responsabilidade dos pais é manter à disposição alimentos de todos os grupos alimentares diariamente. Se tudo isso está funcionando, não há necessidade de se preocupar com a quantidade ou a frequência exatas, que muda conforme a necessidade da criança, a qual também é variável.

Portallondres: Quando procurar um profissional?
Marina Ferrari responde: Um profissional de saúde especializado no assunto não apenas trata crianças que estão com uma dificuldade aparente, mas pode servir como educador, e ainda por cima particularizar a educação para cada ambiente e possibilidades que cada família apresenta. Então, eu diria que pode ser a qualquer momento, seja para tirar dúvidas, tranquilizar os pais ou buscar ajuda com uma situação que não está se resolvendo sozinha. É importante lembrar que o comportamento alimentar começa a se configurar desde a introdução de sólidos, ainda quando bebê. Um bom começo reflete em um melhor relacionamento com a comida durante a infância.

 

Portallondres: Tem tratamento para fazer a criança comer?
Marina Ferrari responde: Se a criança não estiver ganhando peso adequadamente, o médico deve ser procurado para investigar a causa. Um profissional especializado em nutrição infantil pode identificar os sintomas e ser coadjuvante no tratamento, mas o diagnóstico é feito pelo médico. Já, se a criança está ganhando peso adequadamente, mas não come como os pais acham ser o adequado, existem orientações e que melhoram o comportamento alimentar da criança. Se a situação já está acontecendo por um longo período e/ou se agravando, um acompanhamento mais extenso pode ser necessário. A mudança de comportamento é um processo.

Portallondres: Quais são as dicas?
Marina Ferrari responde: Primeiro de tudo é respeitar o corpo da criança, sua fome e sua saciedade. Meu mantra é “oferecer sempre, forçar nunca”. Tentar forçar a alimentação pode fazer a criança relacionar o momento da refeição com estresse e sentimentos negativos. Seguir oferecendo e deixando à disposição os alimentos que os pais consideram saudáveis para a criança, mesmo que ela não aceite, cria uma familiarização da criança àqueles alimentos. Não usar a barganha (aqui você pode linkar meu texto no blog sobre isso se quiser) como método para que a criança coma o que os pais querem, pois isso não a ajuda a criar autonomia alimentar. Nem receitas caseiras para aumentar o apetite nem limitar a oferta a apenas alimentos que a criança aceita com facilidade são indicados, principalmente, se a criança está com ganho de peso dentro do esperado. O objetivo é sempre educar a criança, não manipulá-la.

Portallondres: Quais as principais perguntas?
Marina Ferrari responde: Como aumentar a ingestão de vegetais e frutas e como lidar com alimentos como salgadinhos, doces, refrigerantes e sucos são as campeãs nos atendimentos. Aparece bastante também questionamentos sobre suplementos nutricionais, ingestão de leite e a retirada da mamadeira.

Gostou do assunto? Compartilhe com as amigas e mamães, pois sempre existirá uma alternativa para lidar com esse assunto. Mande suas perguntas para nossa redação portallondresuk@gmail.com. A nutricionista realiza consultoria online e pode ser contactada pela página www.ferrarimarina.com/nutricao-infantil.

 

 

Por Laura Arruda
Jornalismo, Assessoria & Marketing
Foto 1: Alimentos disponiveis para criancas – Pixabay
Foto 2: Piquenique com bebe, comer, aliemntos – Pixabay

Leave a Reply

Popular

  • 95º aniversário da Rainha Elizabeth II n...

    by on 2 horas ago - 0 Comments

    A Rainha Elizabeth II completa 95 anos nesta quarta-feira, dia 21, marcando o primeiro aniversário sem seu marido, o Duque de Edimburgo, que morreu aos 99 anos no dia 9 de abril.   Não haverá celebrações públicas, pois a monarca continua em luto até sexta-feira (23), e segundo a BBC, acredita-se que alguns membros da […]

  • Eleições para o Conselho de Cidadania do...

    by on 5 horas ago - 0 Comments

    O Consulado-Geral do Brasil em Londres, no uso de suas atribuições legais, torna público o Edital para eleição de 12 membros para a gestão 2021-2023 do Conselho de Cidadania do Reino Unido (CCRU), e convida a comunidade brasileira residente no Reino Unido para participar da eleição.   O CCRU é um foro informal e apartidário, […]

  • Covid-19: dez milhões de pessoas no Rein...

    by on 20 de abril de 2021 - 0 Comments

    Mais de 10 milhões de pessoas no Reino Unido receberam a segunda dose de uma vacina contra o coronavírus, isso significa quase 1 em cada 5 adultos no país. Os serviços de saúde em todo o Reino Unido já administraram um total de 43.084.487 milhões de vacinas entre 8 de dezembro e 18 de abril, […]

  • Mercados em Londres para visitar em 2021...

    by on 20 de abril de 2021 - 0 Comments

    London Eye, Tower Bridge, Oxford Street e Piccadilly Circus, certamente, para a maioria, ao planejar explorar a capital britânica, essas opções estão na lista. Devemos concordar que todos esses lugares são maravilhosos e cada um tem sua magia.    Porém, neste artigo, iremos mostrar opções de mercado em Londres para explorar. Os mercados em Londres […]

  • Quando o pai bate na mãe

    by on 19 de abril de 2021 - 0 Comments

    Os filhos da violência doméstica também são vítimas do agressor. O Brasil ignora as crianças que testemunham suas mães em situação de perigo dentro de casa. Elas carregam consequências por toda a vida e precisam de atendimento e proteção Eu me lembro como se fosse ontem. Um flash me vem nítido na memória. Tinha sete […]

×
Portal Londres